Como configurar o VNC no Fedora 15

Isto é algo verdadeiramente útil e simples de ativar, acompanhe os passos:

Instale o pacote x11vnc, use o usuário root:

yum install x11vnc

Com o usuário comum, o mesmo que está logado no ambiente gráfico, execute o comando abaixo e cadastre uma senha:

vncpasswd

Ative o VNC na tela padrão(display 0):

x11vnc -rfbauth ~/.vnc/passwd -display :0 &

Não podemos esquecer que para se conectar é necessário desligar o firewall ou configurar para aceitar conexões pela porta padrão do VNC 5900.

Para os mais experientes basta incluir as duas linhas abaixo no seu arquivo iptables, no caso do Fedora é o arquivo /etc/sysconfig/iptables e reiniciar o iptables:

-A INPUT -m state --state NEW -m tcp -p tcp --dport 5900 -j ACCEPT
-A INPUT -m state --state NEW -m udp -p udp --dport 5900 -j ACCEPT

Se você não se sente seguro para alterar o arquivo na unha, pode fazer pelo programa setup, assim:

setup

Selecione Configuração do Firewall, Personalizar, Avançar e então Adicionar.
Adicione a porta 5900 para tcp e udp, após adicionado deve mostrar uma tela como esta a seguir:

Portas adicionadas 5900:tcp e 5900:udp

Agora selecione Fechar e depois Ok. Se tudo correu bem devemos ter apresentada agora uma tela como esta que segue:

Finalizando e salvando novas regras do iptables

Nesta acima, escolha Sim e para finalizar reinicie o iptables com o comando abaixo:

service iptables restart

Se chegou até aqui, você já deve ter o VNC funcionando e aceitando conexões remotas.

5 comentários sobre “Como configurar o VNC no Fedora 15”

  1. Boa noite estou tentando de todas formas fazer rodas o vnc-server no fedora 16, ja tentei de todas as formas mas nao vai teria como dar umas dicas para mim ?

    valeu abraços

  2. Vagner,

    Acho que não entendi bem a tua dúvida, mas segue algumas considerações:

    O Wine é um emulador da API do Windows, ou seja, você consegue rodar aplicativos para Windows – com algumas limitações – através desta camada de software emulada no Linux, mas apenas aplicativos.

    Quando tu fala do Acronis True Image está se referindo ao CD/Pen Drive já compilado ou ao aplicativo que gera o CD/Pen Drive?

      1. Vagner, para clonar hd no Linux sugiro utilizar uma ferramenta nativa, como por exemplo o DD. Programa muito bom em linha de comando, que além de outros recursos, serve para clonar um hd.
        O comando para clonar o HD em /dev/sda para o /dev/sdb seria assim:

        dd if=/dev/sda of=/dev/sdb

        Espero ter ajudado.
        Obrigado pela visita.

Deixe uma resposta