Como instalar driver de placa de rede Atheros Attansic no Linux CentOS

A instalação padrão do CentoOS 5 não possui o módulo do Kernel para a maioria das placas de rede Atheros (Attansic), para instalar o driver destas placas podemos fazer de duas formas. Segue:

  • Se tiver acesso a internet no CentOS (caso tenha alguma outra placa de rede instalada e funcionando no sistema), adicione o repositório ELRepo.org e instale o módulo correto. A placa na qual incentivou este post foi a Atheros AR8132M e para ela usei o módulo atl1e, este módulo de forma genérica fornece suporte as placas Atheros L1E Gigabit Ethernet com interface PCI Express, mas para a sua Atheros Attansic, pode ser diferente, as opções são estas:
  • [CONTINUAR LENDO]

Como instalar e configurar servidor Samba CentOS com SELinux e Firewall (iptables)

Compartilhar uma pasta do Linux usando Samba é uma tarefa de extrema utilidade e relativamente simples, porém com o SELinux habilitado, precisamos dizer para ele que o Samba pode compartilhar aquele recurso na rede.

Este post dedica-se a mostrar como instalar, configurar o Samba e compartilhar uma pasta em uma instalação CentOS com Firewall (iptables) e SELinux habilitados.

[CONTINUAR LENDO]

Como instalar driver da placa de rede Realtek RTL8101E no CentOS

O CentoOS na placa mãe Gigabyte G31M-S2C com a rede on-board Realtek 8101E sobe o módulo r1000, que chega a funcionar, entretanto causa quedas intermitentes na conexão.

Deve-se instalar o módulo correto para esta placa de rede, isto pode ser feito em poucos instantes, segue:

[CONTINUAR LENDO]

Como desligar o computador no Gnome 3

Se você está aqui é porque tá triste ou nervoso com o fato do Gnome 3 por padrão oferecer apenas uma opção para Suspender e não para Desligar, mas como tudo no Linux, sempre há um jeitinho. Experimente apertar a tecla ALT e bingo, Suspender se transforma em Desligar.
Na figura abaixo podemos ver o resultado do antes e depois do ALT:

Desligar no Gnome 3

Como configurar o PHP com suporte Oracle no Fedora – extension oci8

Continuando a montagem do meu ambiente Fedora 15, surge a necessidade de fazer o PHP conectar no Oracle.

No meu caso, não existe a necessidade do banco de dados completo instalado em minha máquina, pois só preciso conectar-me a uma ou mais instancias Oracle de em um servidor remoto e já tenho o PHP funcionando normalmente.

Para tornar esta tarefa relativamente simples no Fedora, vamos utilizar o pacote Instant Client da Oracle.

Vejamos como isto pode ser feito:

[CONTINUAR LENDO]