3 passos para instalar Fedora 15 via pen drive USB

Faça download da versão live do Fedora 15 de sua preferência no site oficial do Fedora. O link abaixo leva direto para a área de download:

http://fedoraproject.org/pt_BR/get-fedora

Eu baixei a versão sugerida por eles, àquela quem vem com Gnome, alias o Gnome 3 tá muito legal, voltando ao download, baixei o de 565 MB, imagem no formato ISO para PCs compatíveis com Intel (32-bit).

Após baixar você deve ter um arquivo ISO no seu disco com nome parecido com este Fedora-15-i686-Live-Desktop.iso, como ele podemos queimar um CD, instalar e jogar o CD fora. Mas quem não quer desperdiçar um CD, pode instalar pelo pen drive USB, veja como:

Continuar lendo 3 passos para instalar Fedora 15 via pen drive USB

Usando um pen drive USB como HD no Linux

Contrário ao que a maioria das pessoas pensam ao ler o título deste post, colocar um sistema Linux para rodar em um pen drive usb e usá-lo como o disco rígido principal, não é algo tão difícil.

Estamos falando de um sistema Linux instalado no pen drive e não um sistema Live Linux, pois este último, temos muitos sistemas prontos e disponíveis na rede.

Em resumo, para rodarmos um sistema Linux em um pen drive USB como HD, você deve instalar normalmente o sistema no pen drive, inclusive o Grub. Depois configurar no SETUP do computador para iniciar o Boot no pen drive USB, agora “Disco Rígido USB” e deverá funcionar.

Muito fácil né. Pena que a vida não é um mar de rosas. Prepare-se para os detalhes.

Continuar lendo Usando um pen drive USB como HD no Linux

Instalar Oracle VirtualBox pelo YUM no Fedora

Mais uma vez digo: A melhor maneira de instalar e manter atualizado os programas no Fedora, sem dúvida é usando o YUM.

Portanto esta dica é para àqueles que desejam conforto na instalação e atualização do Oracle VirtualBox, digo conforto porque baixar o pacote RPM disponível no site não garante que teremos um ambiente que atenda todos as dependências necessárias para a instalação, mas como o YUM isto se resolve automaticamente, pois ele vai identificar as dependências e instalar tudo de uma só vez.

Assim para termos mais esta facilidade no YUM, devemos adicionar o repositório do Oracle VirtualBox, para tanto façamos o seguinte:

Continuar lendo Instalar Oracle VirtualBox pelo YUM no Fedora

Copiar arquivos e pastas entre Windows e Linux com Samba

Copiar arquivos do Windows para o Linux e vice-versa é definitivamente uma tarefa bem comum, mas por vezes pode ser traumática e, até mesmo o “fim da picada” para alguns usuários de Linux.

Para a felicidade de todos, isto é apenas mito, pois é muito simples trocar arquivos pela rede entre estes dois sistemas operacionais, para tanto precisamos ter instalado no sistema Linux o programa smbclient.

Segue alguns exemplos práticos:

Para copiar um arquivo do Linux para um computador com o Windows (IP 192.168.12.201) no qual possui um compartilhamento com nome teste, podemos fazer assim:

Continuar lendo Copiar arquivos e pastas entre Windows e Linux com Samba

Instalar Google Chrome pelo YUM no Fedora

A melhor maneira de instalar e manter atualizado os programas no Fedora, sem dúvida é usando o YUM.

O download padrão da Google oferece um pacote RPM para a instalação e nem sempre temos um ambiente que atenda todos as dependências necessárias para a instalação.

Mais um motivo para usarmos o YUM, pois ele mesmo resolve as dependências tornando a tarefa muito mais confortável e segura.

Portanto para termos esta facilidade no YUM, devemos adicionar o repositório do Google Chrome, para tanto façamos o seguinte:

Continuar lendo Instalar Google Chrome pelo YUM no Fedora

Repetir o mesmo comando várias vezes no shell

Por vezes queremos acompanhar a cópia de um arquivo na console do Linux e o caminho mais normal é abrir um outro terminal e ficar repetitivamente executando o comando ls, ou algum outro comando, haja dedo para apertar a seta pra cima e enter, seta pra cima e enter, seta pra cima e enter, coisa bem chatinha esta, sem contar o fato de encher o histórico de comandos com linhas repetidas, dificultando encontrar um comando feito anteriormente.

Podemos resolver isto usando o comando while de forma bem simples, por exemplo se quisermos executar um ls por várias vezes, podemos fazer assim:

Continuar lendo Repetir o mesmo comando várias vezes no shell